segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Receita FRANGO com whisky



Ingredientes:
- 01 garrafa de whisky - do bom claro!
- 01 frango de aproximadamente 02 quilos
- sal, pimenta e cheiro verde a gosto
- 350 ml de azeite de oliva extra virgem
- 500 g de bacon em fatias
- nozes moídas



Modo de preparar:
Pegue o frango
Beba uma dose dupla de whisky
Envolver o frango no bacon e temperá-lo com sal, pimenta e cheiro 

verde a gosto.
Massageá-lo com azeite.
Pré-aquecer o forno por aproximadamente 10 minutos.
Sirva-se de uma boa dose (caprichada) de whisky enquanto aguarda.
Colocar o frango em uma assadeira grande.
Sirva-se de mais duas doses de whisky.
Axustar o terbostato na marca 3, e debois de uns binte binutos, botar 

para assassinar, digu: assar a ave.
Derrubar uma dose de whisky bedois de beia hora, formar abaertura e controlar asssssadura do frango.
Tentar zentar na gadeira, servir-se de uoooooooootra dose sarada de

 whisky
Cozer(?), costurar(?), cozinhar, sei lá, dane-se o vrango.
Deixáááá?o filho da buta do pato no vorno por umas 4 horas.
Tentar retirar o pato do vorno…, pato não! O vrango, o vrango!!!!.
Mandar mais uma boa dose de whisky pra dentro … de você, é claro.
Tentar novamente tirar o sacana do vrango do vorno, porque na 

primeira teenndadiiiva dããão deeeeuuuuuu.
Begar o vrango que gaiu no jão e enxugar o filho da puta com o bano 

de jão e cologá-lo numa pandeja ou qualquer outra borra, bois, avinal, 
você nem gosssssssssta muito dessa bosta meeeesmo.
Bronto.

PS: Num vumita no vrango, garaio!!


Feliz Ano Novo!!!

domingo, 27 de dezembro de 2009

O mistério dos quadros: Crianças que choram


Esses dias meu marido estava lembrando dos famosos quadros da década de 80 em que crianças choram, uma série de histórias assombrosas rondam essa série de desenhos. Começamos a pesquisar pela net a história, que virou uma lenda urbana ...

Devido a seu baixo valor muitas famílias compravam. Mais de um milhão de quadros foram vendidos não só na Europa como outros continentes, inclusive aqui no Brasil. Você já deve ter visto ou ouvido alguma coisa ou alguém da sua família sobre tais quadros.

Um bombeiro ao relatar que em incêndios ocorridos na Inglaterra, nos anos 70, estranhamente os quadros não se queimavam. Um tablóide da época o THE SUN espalhou a história e transformou num golpe publicitário. O jornal dizia que eram quadros satânicos fruto de pacto demoníaco do pintor G. Bragolim (acho que é um pseudônimo). As pessoas escreviam para o jornal relatando tragédias que ocorreram depois da aquisição de tais quadros, grupos queimavam-no em fogueiras , uma histeria coletiva tomou conta das pessoas na Europa.
Dizem os boatos que o pintor deu uma entrevista para o programa Fantástico nos anos 80. Como nunca conseguiu vender um quadro em sua vida, ficou na miséria e fez um pacto. Arrependido, pediu para as pessoas desfazerem-se dos quadros, que trazem influências negativas para o lar das famílias. (parece que essa informação nunca foi confirmada pela Rede Globo e pelo programa Fantástico)

Sinceramente, acho esses quadros de um tremendo mal gosto! Apesar de Serem crianças lindas, não compraria um quadro em que uma criança chora, seja lá por qual motivo!

Em algumas imagens retratadas as crianças estão com as pupilas dilatadas e com aspecto de mortas. A primeira imagem, lá em cima, girando 90 º à direita, mostra um peixe, um monstro, sei lá o que engolindo o menino.

Alguns quadros da série crianças que choram (para mim os mais sinistros!)


Perceba uma mão no pescoço da criança.



Olhe bem: A mão está desproporcional (parece de outra pessoa), não há braço direito, o cachecol vira uma poça de sangue.



Esse menininho está visivelmente morto, os olhos estão com as pupilas dilatadas e perdidos.




Que olhar é esse? Dá arrepios! Perceba o olho direito do menino, como se não houvesse globo ocular.



Percebe que a menina está submersa? Ou parece enforcada.



Tadinho! Vejo o sofrimento dele! O rosto parece machucado ...

'Não consegui achar mais nada sobre o pintor G. Bragolim, sua vida é um mistério!
Caso se interesse mais, procure no Google, há várias páginas sobre o assunto.

Um vídeo para descontrair do assunto pesado.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Triste Natal

Em outros tempos já teria escancarado, metendo o malho no natal! Afinal o natal é o ápice do consumismo, capitalismo. Os amigos mais chegados sabem que não sou muito fã dessa data, acho-a muito triste e desigual, enquanto uns ostentam fartura outros passam fome. Mas atualmente é complicado escrever sobre essa data. Afinal hoje sou mãe de uma menininha de 1 ano e 10 meses. A maternidade muda muito esse aspecto, afinal tudo para ela ainda é mágico e novo, não posso desmoronar a alegria de uma criança que não tem nem dois anos de idade.
O povo gasta MUITO, enche os shoppings e o bolso dos empresários! Olha economicamente falando isso é bom para o país. Mas será que o Natal perdeu seu sentido primário? Será que as pessoas lembram que essa data nada mais é do que a comemoração do nascimento de Jesus (assim dizem, pois tenho minhas dúvidas com relação à data) para os cristãos o filho de Deus, para outras religiões um grande Profeta e para alguns ele não existiu... Seja lá quem ele foi (Jesus) deixou um grande ensinamento sobre caridade, perdão, amor ao próximo e outras mil lições que poucos lembram ao deparar-se com uma mesa farta e um presentinho debaixo da árvore.
O consumismo tomou nossas crianças, que parecem condicionadas a pedir presentes caros e da moda. O canal de desenho parece um verdadeiro comércio consumista infantil, os empresários aproveitam o horário e pegam pesado na concorrência. Não há criança que lembre o verdadeiro sentido do natal frente a tanta novidade. Os pequenos consumidores são o grande lucro do Natal.
Sem querer ser piegas, mas já sendo, não preciso lembrar que muita gente na data de hoje não vai ter nem o que comer, e que para elas o sentido do natal também se perde. Eu sei bem o que é para uma criança ficar sem presente de natal, eu já fiquei. Naquele momento vi que o Natal para alguns não existe e muito menos o papai Noel.
Hoje chorei em frente ao computador, procurando fotos para colocar em meu blog deparei-me com fotos de fome e miséria. Optei por não coloca-las, mas todos nos temos a consciência do que realmente acontece por ai, mundo a fora.
Grandes desafios terei a minha frente, tendo que educar uma criança em um mundo capitalista e mesquinho.

Que o sentido do Natal toque seu coração hoje e sempre!
Feliz Natal a todos!

domingo, 20 de dezembro de 2009

Pena perpétua, porquê não?


Infelizmente ligamos a televisão e deparamos com uma enxurrada de notícias trágicas. 
A última derradeira notícia que chocou a todos foi a criança de 2 anos que teve o corpo perfurado por 42 agulhas, feito esse, descoberto pela policia, e confesso pelo padrasto da criança. Perplexos assistimos a tudo rezando pela saúde da criança. 
Estaria nosso arcaico sistema Penal a nível de julgar tal monstro a altura do ato cometido? Mesmo que o preso seja condenado a pena máxima (30 anos) em 8 a 12 anos ele é solto por bom comportamento. É justo (e seguro) um assassino, cruel, frio, cumprir pena de 8 anos e ser solto para convívio com a sociedade sem mais cometer delitos? Uma enorme corrente de penalistas e criminalistas defende nosso atual sistema, alegando a falta de estrutura carcerária e judiciária. Claro que ninguém quer mexer na merda! Imagine só!? Mas acho que a lei deveria sim ser mais rígida para com quem comete atrocidades contra pessoas inocentes da nossa sociedade. Não quer ser preso então não cometa crimes!
Isso não entra na minha cabeça! Como pegar um filho da puta que matou uma criança arrastada por um carro, jogou a filha da janela de um prédio ou torturou uma criança de 2 anos com agulhas pelo corpo e joga-lo na sociedade depois de 8 anos. Quando é preso com menos de 18 anos, é solto na maioridade. Isso também deveria se revisto, já que um adolescente é responsável para votar também deve ser responsável por seus atos.



O Luiz Carlos Prates nesse vídeo fala sobre a prisão perpétua, ignore os "ERRES" estilo Galvão Bueno e preste atenção no que ele diz:


segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Convenção de Copenhague, assim como a ECO 92, não vai dar em nada.

Os representantes de paises envolvidos nas negociações na coferência da ONU sobre clima estão de blá, blá, blá discutindo o futuro do planeta terra. Nenhum país quer sair perdendo enão há um plano concreto para diminuição dos gases poluentes que estão sendo emitidos na nossa atmosfera.
A minha opinião pessoal sobre esse grande encontro é a seguinte: os governantes não estão interessados no planeta, só querem saber se certa coisa vai dar lucro ou não, se no momento está se discutindo o FUTURO do nosso planeta e não vai dar lucro, as promessas só vão ficar em promessas. VIVEMOS NUM MUNDO TOTALMENTE CAPITALISTA, NÃO ESQUEÇAM DISSO.
Mas quando a natureza se revoltar(já está começando) e acabar com meio mundo, uma solução de emergência vai ter que ser tomada! Aí cada um por si e os paises pobres que se fodam!
Acho que há interesse também no derretimento dos polós, assim poderia ser explorados as riquezas naturais nunca antes exploradas. Vai ser uma grande briga por terras tão ricas, isso faz lembrar o Imperialismo e a divisão da África pelas grandes potências...

"Grande ser superior" é esse tal de homem! Destroi o próprio ambiente que vive, sem ao menos pensar nas gerações seguintes.
Pronto escrevi! Sei que tem gente que não vai gostar da minha opinião, mas escrevi! Estava sufocada com esse assunto!

Uma conversa sobre preconceito

A atriz Fabiana Karla foi hoje no programa do Faustão e falou sobre o calendário que pretende lançar para 2010 só com mulheres gordinhas, mas para se inscrever no concurso tem que entrar no site (www.fabianakarla.com.br).
Ahahahaha! Eu adorei essa idéia! As pessoas são muito preconceituosas com gordinhas ou qualquer outro tipo de pessoa que não se encaixa no padrão dito da moda! Aliás o brasileiro é muito preconceituoso com gordinha,  em outros países elas são até modelos profissionais do ramo GG. As mulheres não são sempre as capas de revista que vemos nas bancas de jornal ou na televisão. Algumas são altas, outras baixas, loiras, morenas, brancas, negras e outras gordas, mulher é mulher em qualquer condição.
A idéia é essa: IMAGEM NÃO É NADA! SEDE É TUDO! Copiando o slogan do refrigerante sprite.(rsrsrsrs) Dê valor ao que o outro ser humano têm por dentro, na cabeça, no coração.
E você o que acha de um calendário só de gordinhas no estilo PIRELLI?

Aproveitando a conversa sobre preconceito, gostaria de expor uma coisa que percebi assistindo o programa Fantástico. No concurso Garota Fantástica apenas uma negra ficou entre as 10 finalistas e chegou até hoje no 4º lugar. Em um país de maioria negra, parda ou mulata apenas uma negra na final? Será que nosso país só tem meninas brancas de cabelo liso? Apenas as brancas e loiras podem participar desse tipo de concurso? Pense nisso, e depois responda se ainda vivemos em pleno século XXI com preconceitos estúpidos e o pior camuflados!

sábado, 12 de dezembro de 2009

O bolo cresceu mas não foi dividido.

Que o Brasil cresceu não há dúvida! É notável! Mas a impressão que tenho é que essa mudança foi só para a classe média para cima...
A diferença social ainda é muito grande, a distribuição de renda ainda é precária e a classe alta detém maior porcentagem do dinheiro no Brasil. Um país rico que pouco tem a haver com a grande maioria de sua população.
O aumento da empregabilidade é um fator muito bom, onde sempre teve uma alta taxa de desemprego. O problema é que os salários oferecidos são baixos, a carga horária pesada e as exigências feitas ao trabalhador são fora do padrão para determinado cargo oferecido. Como pode um pai de família, as vezes com dois, três filhos, ganhar R$450,00, pagar aluguel, água, luz, telefone? As coisas estão cada vez mais caras, fazer compras com R$100,00 é voltar para casa com 4 sacolinhas plásticas e olhe lá!
Nós dos grandes centros urbanos talvez não sentimos esse diferença, não vemos(ou não queremos ver) que não sobra nada desse fortunoso bolo para nós do proletáriado. Mas vemos as favelas crescerem e o índice de criminalidade aumentar.  Reclamamos da violência, mas esquecemos onde fica a raiz do problema...

    Será que sobra um pedacinho?

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

FALTA ESCONDER O DINHEIRO NO CÚ!

 O povo brasileiro que tanto lutou por seus ideais, seus direitos, sua liberdade parece calar-se frente a tanta corrupção e falta de respeito a nação. O que se tem visto nos últimos tempos denúncia a calamidade do sistema político brasileiro: mensalinhos, mensalões, dinheiro na meia e na cueca. Dinheiro esse que é seu, é meu, é de todos nós que pagamos impostos que seriam empregados na saúde, na educação e segurança pública, mas são desviados para algum buraco obscuro e íntimo das criaturas obsoletas do nosso governo.
 O patriotismo brasileiro tomou outro rumo, o de torcida de futebol, torcida de jogos Olímpicos e tudo que pode alienar uma nação. Milhões torceram pelos jogos Olímpicos serem sediados no Rio de Janeiro, foi lindo! Mas seria mais lindo ainda se esse mesmo entusiasmo e interesse fosse pela nossa política, pelos nossos direitos, exigir respeito da classe política com a população, exigir o cumprimento de promessas de campanha a políticos eleitos. Mas não...  Isso tudo é muito chato para o cidadão comum que trabalha o dia todo! É melhor ligar a televisão e ver o Big Brother, a Fazenda ou a novela global em que todos são ricos e bonitos! Assim o rico fica cada vez mais rico e o pobre cada vez mais pobre! Mas pelo menos vendo televisão.